Priorizar o controle social, a participação social e a interiorização das políticas públicas de assistência social e trabalho. Com este horizonte definido, Wagner Maciel da Silva, da recém-criada Diretoria Regional Metropolitana da Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese), recebeu a e equipe de Apoio Técnico da Subsecretaria de Assistência Social (Subas), na Casa de Direitos Humanos, no centro de Belo Horizonte, na quarta-feira (24).

Durante o encontro foram apresentados os eixos do Programa Qualifica Suas e  dados sobre o território da DR Metropolitana que indicam baixo índice de participação social. “Pretendemos ficar mais próximos dos gestores municipais, buscar mais participação e qualificar os serviços. Vamos traçar um plano de trabalho junto com as superintendências, após a discussão das diretrizes de trabalho da Sedese para 2018. Para isso, estamos contando, também, com o apoio das outras diretorias regionais”, informou Wagner Maciel.

Entre as estratégias aprovadas nas conferências de assistência social de 2017 e adotadas pela secretaria estão: assegurar os direitos dos usuários do Sistema Único de Assistência Social (Suas);  incentivar a implantação de Fóruns Regionais de Usuários e de Trabalhadores do Suas;  e ainda fortalecer as Uniões Regionais dos Conselhos Municipais de Assistência Social (Urcmas).

“Queremos fortalecer as ações já desenvolvidas pela secretaria, como o Programa Juventudes, o Capacita Suas e os destinados aos empreendimentos da Economia Popular Solidária (EPS). Este último segmento  vêm se consolidando em Minas, por meio de mobilizações e acompanhamento das feiras e é uma demanda importante devido à atual situação política  e econômica, que está afetando muito os trabalhadores de forma geral”, completa o diretor.

Participaram do encontro, o superintendente de Interiorização, Jamil Mattar, os técnicos da Diretoria de Gestão do Trabalho e Educação Permanente do Suas,  Amauri Barra, Eliane Moreira, Rhilker Junio e a técnica da DR Metropolitana, Márcia Romero.

Wagner Maciel da Silva é assistente social e atua na área há quase 10 anos. Foi técnico do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e da Atenção Básica da Saúde da Família, em Contagem, gestor do Conselho Regional de Serviço Social de Minas Gerais (Cress) e coordenador da Comissão das Políticas Públicas e Defesa de Direitos e do Movimento Negro.  

Com a nomeação de Wagner Maciel Silva para a DR Metropolitana, publicada no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais, em 13 de dezembro, a Sedese encerrou o ano de 2017 com 22 diretorias regionais em funcionamento. Com existência prevista na legislação desde 2011, a Metropolitana funciona na Casa de Direitos Humanos, centro de Belo Horizonte.

De acordo com o Decreto 47.067/2016, a área de abrangência da Metropolita corresponde a 47 municípios: Baldim, Barão de Cocais, Belo Horizonte, Belo Vale, Betim, Bonfim, Brumadinho, Caeté, Capim Branco, Confins, Contagem, Esmeraldas, Florestal, Fortuna de Minas, Funilândia, Ibirité, Igarapé, Inhaúma, Itabirito, Itaguara, Itatiaiuçu, Jaboticatubas, Juatuba, Lagoa Santa, Mário Campos, Mateus Leme, Matozinhos, Moeda, Nova Lima, Nova União, Pará de Minas, Pedro Leopoldo, Prudente de Morais, Raposos, Ribeirão das Neves, Rio Acima, Rio Manso, Sabará, Santa Bárbara, Santa Luzia, São Joaquim de Bicas, São José da Lapa, São José da Varginha, Sarzedo, Sete Lagoas, Taquaraçu de Minas e Vespasiano.